sexta-feira, fevereiro 25, 2011

15 anos sem Caio Fernando Abreu

(Imagem by Sour and sweet)

4 comentários:

Trago Versos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Trago Versos disse...

O tempo passa
O Caio, não.

Í.ta** disse...

essa página! esse conto! esse livro me é marcante!

há algo de músicas no um-sentir :)

abraços.

Esyath disse...

Quero deixar bem claro que... gostei. De verdade! Estava ótimo! Juro... se você pensar em como tantas fazemos ouvidos moucos e olhos cegos ao que está bem diante de nossos narizes... Seria um modo excêntrico de autismo? Não duvido... Mas um dia... assim como neste texto... Somos forçados a ter a verdade esfregada em nossas faces...

Beijos (Des)conexos!